A Cardano Liquidity Mining vai para Binance Smart Chain

A Cardano Liquidity Mining vai para Binance Smart Chain

  • O Protocolo de Vênus permitirá aos titulares de Cardano (ADA) utilizar o ativo como garantia em sua plataforma.
  • Isto vem depois que a Cardano subiu consideravelmente em fevereiro.
  • A Vênus pode ser a opção mais atraente para os usuários da ADA para pular no vagão de banda da DeFi.

O Trust Project é um consórcio internacional de Bitcoin Revolution organizações de notícias que constrói padrões de transparência.

Em 14 de fevereiro, Vênus anunciou que adicionaria Cardano (ADA) a seu mercado monetário, tornando a moeda criptográfica disponível como garantia para empréstimos e empréstimos.

Assim, de acordo com o roteiro do protocolo de 2021, os usuários terão acesso à mineração de liquidez da ADA no Binance Smart Chain (BSC).

Trazendo DeFi para Cardano

A equipe da Venus enfatizou que Cardano „acelerou rapidamente para fazer parte das quatro principais moedas criptográficas por limite de mercado“. Atualmente, o valor está se aproximando dos US$ 26 bilhões, de acordo com o agregador de dados CoinMarketCap.

Em 5 de fevereiro, a ADA atingiu uma alta de três anos de $1,40. Enquanto isso, seu volume comercial quase dobrou desde o anúncio.

Em 3 de fevereiro, Cardano implementou com sucesso seu garfo duro Mary, uma atualização que pretende transformar a rede em um ambiente favorável para vários projetos de Finanças Descentralizadas (DeFi). Como o Elliot Hill da Fundação Cardano destacou em um post de blog, isso impulsionará significativamente as aplicações descentralizadas (DApps) e as fichas nativas, entre outras coisas.

Assim que a Era Goguen de Cardano começar, a equipe também planeja lançar seu próprio protocolo de empréstimo e provisão de liquidez. O Liqwid Finance, o primeiro DApp a ser construído sobre a cadeia de bloqueio Cardano, foi inicialmente introduzido em outubro de 2020. Entretanto, o programa de bootstrapping de liquidez está apenas prestes a começar, após a atualização final do Goguen.

A verdadeira adoção da DeFi ainda está por vir

No contexto desses atrasos, o Protocolo de Vênus pode servir como a entrada mais viável no mercado DeFi para os detentores de ADA. Desde seu lançamento inicial em setembro de 2020, a plataforma tem crescido notavelmente. Ela tem mais de 18.000 usuários e cerca de 2 bilhões de dólares de valor total trancados (TVL) no protocolo.

Além da ADA e das principais moedas criptográficas do mundo, a plataforma Venus também fornece acesso a ativos que se beneficiaram muito com o recente aumento da popularidade da DeFi. Isto inclui Binance’s BNB, Ripple’s XRP, Chainlink’s LINK, e Polkadot’s DOT, juntamente com várias moedas estáveis.

Tendo o maior volume de 24 horas de todos os DEXs listados na CoinMarketCap, a Venus lançará incentivos de alta freqüência de negociação e de market maker.

O conceito de DeFi em Cardano é bastante promissor em teoria. Mas o ponto de fricção é que ele ainda está nos estágios iniciais de desenvolvimento. A questão principal é se Cardano terá um desempenho superior ao Ethereum (ETH) e Polkadot como plataforma para os protocolos DeFi.

Huobi Global aims to become a major player

Huobi Global aims to become a major player in the Polkadot network

Huobi is investing indirectly in Polkadot to establish itself as an important part of its ecosystem.

Two recent announcements from Huobi Global suggest that the crypto exchange wants to become one of the most important players in the network of the Polkadot block chain project.

In two corresponding blog entries, the Seychelles-based crypto exchange by Bitcoin Bank announces a Polkadot sponsorship programme and a USD 5 million Stablecoin fund. The latter will be provided by the Huobi Innovation Lab and will support „developers, event organisers, content creators and ambassadors“ of the Polkadot project.

The sponsorship programme in turn allows crypto investors to propose individual Polkadot projects, which will then be listed in a separate section of the Crypto Exchange. The selected sponsors are also invited to the annual Huobi conference and other offline events.

The sponsors themselves must have a keen interest in the success of Polkadot in order to apply

The minimum requirement is therefore a crypto asset of DOT 300,000 (approx. US$1.5 million), half of which must be deposited at the Huobi.

The Huobi announcements come after Polkadot made a similar announcement on Thursday. For example, the network has set up an alliance specialising in decentralised financial services (DeFi). Chainlink and Plasm are founding members of the alliance.

In addition, the Web3 Foundation recently announced the „Thousand Validators Programme“, which aims to provide knowledge, support and capital for the platform’s validators.

The Polkadot infrastructure and ecosystem investments come after Polkadot founder Gavin Wood said on Thursday that Polkadot and Ethereum can coexist. He had made the relevant statements at the Polkadot Decoded conference, but the programmer, who was also involved in the founding of Ethereum, rejected the idea that there would only be room for a leading block chain platform.

„If Ethereum eventually becomes a block chain that can be bridged […], fsnn there is a very good chance that Polkadot and Ethereum can coexist,“ says Wood.

However, Ethereum’s competitors should not get their hopes up too high, because the network effect alone could ensure the market leader’s place in the sun.